a
Biomata apresenta soluções em locação de equipamentos na ExpoforestForest News | Forestnews

Biomata apresenta soluções em locação de equipamentos na Expoforest

Com conhecimento, experiência, tradição e performance herdados da Satel, empresa com mais de 40 anos de história, a Biomata chegou ao mercado para oferecer soluções práticas para as operações florestais. A marca irá estrear na Expoforest na edição de 2023 do evento, apresentando seus serviços de locação de equipamentos e demonstrando que pode agregar grande valor ao setor. A feira ocorre de 09 a 11 de agosto, em Guatapará (SP).

A proposta da Biomata é levar soluções criativas para a produção florestal, tanto para o trabalho com celulose como para a geração de energia, sendo parceira de nomes como Tracbel, Sotreq, Bruno Industrial e J de Souza, o que garante um portfólio robusto e variado à empresa. Atuando em nível nacional, a Biomata quer otimizar o processo de locação de equipamentos, oferecendo mais facilidade, flexibilidade, rapidez e eficiência aos clientes, além de atendimento personalizado e suporte especializado.

“O setor florestal precisa de equipamentos novos, confiáveis e de alta performance. É isso que buscamos oferecer aos nossos clientes, trazendo uma alternativa mais eficaz e sustentável para o ciclo da madeira e de seus subprodutos”, comenta Henrique Safar, diretor do Grupo Satel.

A Biomata aposta em um trabalho ativo no setor florestal e, assim como sua empresa-mãe, investe na constante renovação do maquinário como forma de garantir o bom funcionamento dos equipamentos e evitar paradas repentinas, que podem impactar toda a cadeia produtiva.

Segundo Safar, uma única máquina parada pode afetar todo o sistema. Por isso, a companhia renova sua frota entre 8 mil e 12 mil horas de trabalho, ao invés das habituais 20 mil a 25 mil horas do mercado.
Biomata na Expoforest

A participação, pela primeira vez, na maior feira dinâmica florestal do mundo é um marco importante para a Biomata. No contato próximo com o público, a expectativa da empresa é a de fortalecer o negócio e, especialmente, transmitir seus diferenciais.

“Esperamos que os visitantes percebam nossa pegada florestal e identifiquem nossos serviços como soluções para reduzir custos e atender a demandas emergenciais de forma quase imediata”, destaca o diretor de operações da Biomata, Marcos Lima.

Para Lima, a Expoforest vem em um momento estratégico. A troca de experiências e o aprendizado que a feira proporciona são ativos valiosos para alavancar o posicionamento da Biomata no mercado e fazer com que atores importantes do setor conheçam a marca.

“Encontros desse porte são fundamentais para a criação de uma identidade florestal. Ter a oportunidade de levar nosso time e realizar o lançamento oficial da Biomata em um evento dessa magnitude é uma grande oportunidade. Vamos aprender muito com quem já está nessa caminhada e entender melhor a realidade do segmento. Com esse conhecimento, podemos personalizar ainda mais nossas ações e realizar entregas cada vez mais qualificadas”, conclui o diretor de operações da empresa.

A Biomata cona com o DNA Satel para oferecer soluções práticas ao setor florestal. (Divulgação/Biomata)
A Biomata trabalha para oferecer facilidade, flexibilidade, rapidez e eficiência aos clientes. (Divulgação/Biomata)
A Biomata renova sua frota entre 8 mil e 12 mil horas de trabalho, ao invés das habituais 20 mil a 25 mil horas do mercado. (Divulgação/Biomata)
A participação, pela primeira vez, na maior feira florestal da América Latina é um marco importante para a Biomata. (Divulgação/Biomata)

Compartilhe