a
Câmara de Florestas debate plano de desenvolvimento sustentável do setorDivulgação/SEMADESC

Câmara de Florestas debate plano de desenvolvimento sustentável do setor

A Câmara Setorial Consultiva do Programa de Desenvolvimento Florestal (CSF) realizou a primeira reunião da nova coordenação no Mato Grosso do Sul.

A Câmara reúne representantes de entidades públicas e privadas da cadeia produtiva de florestas plantadas.

O objetivo da reunião é buscar o desenvolvimento e harmonização do setor, com a pauta do último encontro sendo o alinhamento das ações do Plano Estadual de Desenvolvimento Sustentável de Florestas Plantadas e o Mapeamento das demandas do setor.

A reunião foi realizada na Semadesc (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação), foi conduzida pelo coordenador diretor-executivo da Reflore-MS, Dito Mário, e contou com a presença da coordenadora de Florestas da secretaria exxecutiva de Desenvolvimento Econômico e Sustentável da Semadesc Vanuza Borges, Celso Martins (SFA), e representantes da Famasul/Senar e ASEF.

“Estamos vendo como a Câmara vai gerir o Plano. Avaliamos o que está sendo feito e ficamos de criar uma planilha para acompanhar as ações a serem realizadas. Nossa meta é criar estratégias específicas para o setor e envolver todas as instituições que estão na cadeia florestal”, explica o coordenador Dito Mário,

A Câmara é um fórum de caráter consultivo e é composto por representantes de produtores, trabalhadores, entidades empresariais, consumidores, organizações não governamentais e órgãos públicos que estejam relacionados a atividade.

Além disso, o grupo tem o papel de identificar gargalos e potencialidades para subsidiar e assessorar com informações a Semadesc visando auxiliar a tomada de decisão, a fim de propor medidas que contribuam à formulação de políticas públicas relacionadas ao setor.

Compartilhe