a
Klabin registra EBITDA Ajustado de R$ 6,259 bilhões em 2023admin | Forestnews

Projeto social: Klabin promove formação para gestores ambientais no Paraná

A Klabin, em conjunto com o ViraSer e o Consórcio Caminhos do Tibagi, promoveu, em Telêmaco Borba (PR), uma oficina para formação de gestores ambientais públicos para cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Estiveram presentes representantes das secretarias de Meio Ambiente dos municípios do consórcio que integram o Programa de Resíduos Sólidos da Klabin (Telêmaco Borba, Imbaú, Reserva, Ortigueira, Tibagi, Rio Branco do Ivaí e Sapopema), além de representantes do Ministério Público Estadual e do Instituto Água e Terra (IAT) do Estado do Paraná.

Os participantesda oficina de formação de gestores ambientais públicos assinaram um acordo de cooperação técnica composto por compromissos, metas e cronograma, de curto, médio e longo prazo, para adequação de cada município às melhores práticas de coleta seletiva e reciclagem. Além disso, trocaram experiências e melhores práticas de capacitação e gestão das cooperativas de catadores, circularidade, tratamento dos grandes geradores e logística reversa. Por meio do Programa Resíduos Sólidos, a Klabin oferece consultorias especializadas para que os municípios do consórcio estejam aptos para o cumprimento da Política Nacional, com gestores capacitados tecnicamente, promovendo a geração de emprego e renda, elevando o volume de materiais recicláveis e ampliando o grau de conscientização da sociedade com relação à educação ambiental.

“A gestão dos resíduos sólidos é uma questão de extrema importância e tem prioridade para a Klabin. Por isso, a formação de líderes ambientais com a definição de compromissos e metas estabelecidas para cada município trará mais qualidade e efetividade às iniciativas de circularidade aplicadas nos municípios e com atendimento a Política Nacional de Resíduos Sólidos”, diz Julio Nogueira, gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Klabin. “É urgente oferecer ferramentas que aumentem a capacidade de gestão e produção das cooperativas de reciclagem para obter resultados duradouros e permanentes de aumento da produção e elevação da renda”, destacou Juliana Navea, representante do ViraSer.

“O encontro com os gestores públicos trará ainda mais resultados para as cidades que participam do Consórcio, além de maiores retornos do ciclo produtivo, para evitarmos cada vez mais o descarte em aterro sanitário. É um bem ao meio ambiente e à saúde da comunidade”, afirma Claudiomir Schneider, secretário executivo do Consórcio Caminhos do Tibagi.

Em sua fala, a promotora de Justiça de Telêmaco Borba Mariana Bollotti explicou a importância do Ministério Público de justiça não apenas como fiscalizador, mas para cooperar com os municípios no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos. E destacou que, com o apoio da Klabin e de suas consultorias técnicas, os municípios da região têm tudo para serem exemplos para o País no tema.

 A Política Nacional de Resíduos Sólidos é uma lei que estabelece instrumentos e diretrizes para os setores públicos e para as empresas se responsabilizarem a respeito dos resíduos gerados, exigindo transparência com o gerenciamento desses materiais. Dessa forma, é de suma importância capacitar os gestores ambientais e oferecer ferramentas que sejam de fato eficazes na gestão de resíduos sólidos.

Compartilhe