Log Max reúne revendedoras para planejar ações no mercado florestal

Log Max reúne revendedoras para planejar ações no mercado florestal

A Log Max reuniu entre os dias 30 de maio e 3 de junho diversas revendedoras internacionais em sua sede, em Grangärde, na Suécia. O encontro serviu não apenas para aproximar esses profissionais da matriz, mas também para diversos diálogos sobre o mercado florestal mundial e que serão base para futuros planejamentos da companhia dentro do segmento.

Estiveram presentes na Suécia representantes de revendedoras em países como Brasil, Alemanha, França, Espanha, Chile, Portugal, Uruguai, e Austrália, com esses dealers explanando suas visões regionais sobre o mercado madeireiro.

“Baseado nisso ela pode identificar tendências, e complementar o plano estratégico com detalhes que são fundamentais para guiar o que é preciso desenvolver. Isso é muito importante e reforça os cuidados e atenção da marca com os mercados mundiais”, explica Rodrigo Contesini, gerente geral da Log Max no Brasil.

Além de Contesini, outros sete membros da Log Max no Brasil puderam conhecer a estrutura da matriz na Suécia. A expedição ainda contou com um roteiro na Swedish Forest Expo 2023, realizada em Estocolmo (Suécia), sendo esse um dos principais eventos florestais da Europa.

Os visitantes puderam conhecer a produção industrial da Log Max, verificar apresentações dos maquinários com a equipe técnica da matriz, além de participarem de palestras com o corpo diretivo da empresa sobre temas como marketing e o mercado florestal.

“O Log Max Day foi organizado com muito carinho pelo pessoal da fábrica para receber dealers e representantes do mundo todo para apresentar a nova versão 5000V, cada detalhe fez a diferença e conhecer a fábrica foi muito sensacional”, explicou o Coordenador de Suporte ao Cliente da Log Max Brasil, Thiago Souza.

A experiência também foi destacada pelo vendedor da Log Max Brasil Bruno de Oliveira Branco.

“A experiência da viagem foi incrível. Poder conhecer uma cultura diferente da nossa, a nossa fábrica, entender como é o processo de fabricação, como funciona o método de trabalho, ter conhecimento da estrutura da empresa e a forma que eles trabalham. É importante ter a explicação de como é feito o projeto dos cabeçotes e atualizações das peças com conjunto de corte”, pontuou.

A assistente administrativa da Log Max Brasil Ana Fernandes Forte de Oliveira pontuou que os conhecimentos adquiridos serão utilizados no dia a dia do trabalho.

“Eu cuido dos faturamentos e da parte administrativa pude ver quantos processos e pessoas estão envolvidas para que chegue no momento de fazer o faturamento e enviar a nota e o cabeçote ao cliente. Isso é muito interessante. Ver a forma de montagem, que é manual e artesanal, com bastante atenção e isso preza bastante a qualidade e consegue enviar o produto ao destino em perfeitas condições”, finalizou.

 

Compartilhe:
Forest News

Forest News

A Forest Digital nasceu para ser a maior e mais completa plataforma digital de negócios e notícias do setor florestal, sendo a melhor opção para trabalhar a presença digital da sua empresa.