a
Abimóvel passa a integrar o Conselho Nacional de Desenvolvimento IndustrialForest News | Forestnews

Abimóvel passa a integrar o Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial

A ABIMÓVEL (Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário) foi convidada pelo vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, a integrar o novo Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI).

O convite foi feito na tarde da última terça-feira (4) em reunião de Alckmin com o presidente da Abimóvel, Irineu Munhoz, e a diretora-executiva da entidade, Cândida Cervieri. A reunião ainda contou com a presença da secretária de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), Tatiana Prazeres.

“Essa é uma vitória não só para o nosso setor, mas para a efetiva estruturação de uma nova política industrial no país, que privilegie a tecnologia, a inovação, a competitividade e a sustentabilidade no setor produtivo nacional, colocando o Brasil em pé de igualdade com as maiores economias do planeta”, explica Munhoz, presidente da ABIMÓVEL.

A reunião entre o MDIC e a ABIMÓVEL representou um passo importante na construção de políticas públicas para o desenvolvimento econômico e o reposicionamento do país no mercado global.

Sexta maior produtora de móveis no mundo, a indústria moveleira nacional é composta por mais de 17,1 mil empresas, gerando aproximadamente 270,5 mil postos de trabalho e exportando para 162 países, com participação ativa no Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

“Temos uma indústria rica em recursos materiais, além de capaz de atuar em paridade técnica e criativa no mercado global, mas que ainda
sofre com obstáculos que limitam seu desenvolvimento no mercado interno e externo”, reforça. Munhoz.

Entre outros assuntos, a ABIMÓVEL apresentou ao MDIC e ao vice-presidente pautas importantes para o desenvolvimento do setor moveleiro como:

  • Desoneração da Folha de Pagamento: Ação essencial para aliviar a pressão financeira, impulsionando a produção e a geração de emprego na indústria de móveis.
  • Reforma Tributária: Devendo entrar em votação ainda neste mês de julho, a reforma significa um passo crucial no estabelecimento de um sistema mais previsível e menos oneroso, que incentive investimentos e competitividade no país.
  • Inclusão de Móveis no Programa Minha Casa, Minha Vida: A iniciativa — benéfica tanto para a indústria e o varejo quanto para a população brasileira — visa facilitar o acesso a itens de mobiliário por meio de financiamento a partir do programa habitacional, com vista a equipar adequadamente essas novas moradias.
  • Acordos Comerciais: A entidade reforça a importância da aprovação do Acordo do Mercosul-União Europeia, ressaltando o impacto direto de tal compromisso para o incremento das exportações e o aumento da participação da indústria brasileira no bloco, um dos mais relevantes da economia mundial.
  • Política Industrial: A ABIMÓVEL solicita a participação nas discussões relacionadas à nova política industrial do país, reforçando os pilares da tecnologia, inovação, competitividade e sustentabilidade no setor produtivo nacional.

“A desoneração da folha de pagamento, por exemplo, é fundamental para que possamos continuar a crescer de maneira sustentável, produzindo mais, bem como mantendo e gerando empregos. Da mesma forma, uma reforma tributária que permita maior previsibilidade e justiça fiscal deve incentivar investimentos e a modernização da indústria brasileira”, finalizou Munhoz.

Compartilhe